Viver e Crescer – Fernanda MeiraFernanda Meira

O caminho através da dor

Conheço gente que convive com a dor. Gente que nem só a ferida de corpo sente, mas tem a dor da falta, do desconhecido, do não ter o que precisa. Sei também, de gente que tem tudo o que a gente quer, mas não entende, convive com a pobreza de sentido, envolto na malha tênue…

Empoderamento: encontre o eu verdadeiro

Quanto tempo demora pra descobrir a nós mesmos? Há algo em mim que quer despertar, falou Zaratustra. O verdadeiro eu é suprimido por experiências limitantes, por ideologias gastas e inconsequentes, fazendo acreditar que somos o que disseram, sem voz e ressalva. Há pouco tempo trabalhei como atendente em uma loja de fast food. Conheci muitas…

Felicidade disfarçada de mudança

Começa com uma ausência de si mesmo. Aquela latência angustiante em frente ao espelho, de quem percebe que não é o de outrora. Nota com estranheza que toda rigidez se dissipara e vê com intimidade a mudança. Como as mãos cerceiam corpo e rosto diferentes, a mente passeia pela praça de ideologias, à procura de…

Relacionamento abusivo: o olhar por trás da porta

O desvelar de si é no compasso, no tempo da estação, no ritmo do rap e da batida, na intensidade do suspiro e na realidade. Vai ficando claro, desperto, coberto de razão, criando verdades, desfazendo de sofismas e completando cada peça desse jogo da vida. Depois de um periodo de notas mansas, onde a gente…

Em pouco tempo não serás mais o que és

Como dizia o poeta… “[…] porque a vida só se dá pra quem se deu”. Se você ler o poema todo poderá se sentir incomodado, porque Vinicius não era de meias palavras. Mas, cada palavra é impetuosa e propícia para quem suporta o que não aguenta. Nos últimos anos, convivo com uma inquietação interna suficiente…